Adolescente e os Graffitis - A história diz que...

 
Bem, todos nós ou grande parte de nós tem uma imagem bastante errada dos adolescentes que gostam de fazer graffitis nas nossas cidades. Normalmente associamos os graffitis ao bandidismo ou aos skaters, aos míudos com problemas ou ao "lixo da sociedade". Mas a verdade é que os jovens que fazem graffitis estão apenas a dar continuidade a uma história com mais de 35 mil anos. 

Quando os historiadores investigaram as cavernas da pré-história e as pinturas nelas, eles aperceberam-se de que para além das pinturas feitas pelos adultos da antiguidade, outras pinturas pareciam bastante semelhantes as pinturas que encontramos hoje em dia em algumas casas de graffitis abandonadas.

 Havia membros de corpos espalhados por toda a parede, com anatomia humana feminina incorreta, assim como cenas de caças exageradas, com tamanhos irreais. Com base na análise das proporções dos dedos e das mãos nas pinturas, os investigadores e especialistas chegaram a conclusão de que mais de 80% dos desenhos haviam sido feitos por adolescentes. Jovens claramente preocupados com a caça e mulheres.

Etiquetas: